Via de La Plata – Etapa 14 – Mítica Foncebadon – Ambasmestas

Via de La Plata – Etapa 14 – Mítica Foncebadon – Ambasmestas – 15/09/2014

Etapa começou fria, com uma serração/neblina muito intensa, temperatura de uns 6-7oC, sai de Foncebadon empurrando a bici para poder curtir mais os elementos, bastante peregrinos no Camino, mas dava para manter a individualidade, não estava saturado.
Subida bem forte até a Mítica Cruz de Ferro, local extremamente energético, depositei meus Agradecimentos ao deus Mercúrio naquele afloramento de energia cósmica.
Eu continuei a peregrinação até Manjarin, onde tomei um café e fiz meus agradecimento a LaMadre.
De Manjarin a Molinaseca foi bem tranquilo, descida maravilhosa que aliada ao frio fez com que colocasse o corta vento. Quase chegando a Molinaseca aconteceu algo inédito, ao freiar numa curva a bicicleta sambou parecendo estar com pneus furados (os dois), ao parar identifiquei que ambos estavam bem vazios, enchi ambos e continuei sem problemas. Acredito que alguma corrente de vento de baixa temperatura que passei aliada a mudança de altitude fez com que eles muchassem pois não precisei reinflá-los depois.
De Molinaseca foi a Ponferrada e passei em frente ao Castillo Templário, depois foram km e kms por esse belíssima região do Bierzo, ao passar em Villafranca del Bierzo senti uma energia muito boa, dali segui até Ambasmestas. Ao passar em Camponayara lembrei da bodega que parei em 2010 ao passar.
Nota: Conheci Fábio de SP, ciclista que está fazendo o Camino de bici com seu filho João de 12 anos.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *