CAMINHO DE SANTIAGO EM BICI

     Quanto toma-se a decisão de viajar de bicicleta surgem algumas dúvidas e medos, e isso é potencializado quando essa viagem é num país distante, com cultura diferente da nossa, moeda diferente, etc. Mas tenha certeza absoluta que percorrer o Caminho de Santiago, quer seja a pé ou de bicicleta é algo Mágico.

     A escolha da bicicleta é algo muito importante, em 2010 eu fui com uma bike dita ultrapassada e percorri todo o caminho sem grandes contratempos, essa escolha é muito pessoal e depende de quanto você quer gastar e qual o seu objetivo,  se o objetivo for performance competitiva não viaje, fique por aqui! Mas se o objetivo for viajar, conhecer novas culturas, novas pessoas, peregrinar, aí sim aconselho que vá. Você não precisa de uma bicicleta de última geração para percorrer o Caminho de Santiago, mas você precisa de uma bicicleta com a manutenção em dia e caso necessite você saiba fazer pequenos reparos durante a viagem.

     O preparo físico/emocional é muito pessoal também, já vi ciclista com alta performance física não conseguir acompanhar outro com baixo rendimento, sabe porque? Motivação, quando você decide fazer uma viagem de bicicleta e trabalha nela pondo sua energia em todas as etapas, desde o planejamento até a execução, você tem algo mais do que aqueles que apenas fazem por fazer. Claro que somente motivação não é suficiente, é necessário um básico de preparo físico que pode ser alcançado treinando indoor (viagem de 2010) ou outdoor (viagem de 2014), um valor bom para ter em mente sobre preparação é: tente pedalar 40km 3 dias seguidos e observe o que seu corpo diz para você. A pedalada em dias seguido te dará um cenário em escala menor de como você se comportará em 15-20 dias pedalando direto.

     Querendo conversar mais sobre esse assunto, pode entrar em contato pelos emails na página Contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CICLO PEREGRINO SANTIAGO DE COMPOSTELA